Grupo OPNI participa de projeto artístico da marca Passport Scotch Brasil

Que tal criar uma arte baseada em uma canção? Isto pode ser um feito complicado e quase impossível, mas foi algo produzido com muita dedicação pelo Grupo OPNI – coletivo de graffiteiros da zona leste de São Paulo que surgiu em 1997.

AM0120T2124_9761
Foto: Divulgação/ Passport Scotch Whisky

A música em questão é o rap “Me Chama”, interpretado pela voz de Flora Matos com o funk de Mc Nego Blue e as bases musicais de Alexandre Basa. Esta canção foi criada para a marca de whisky Passport e faz parte do projeto cultural desenvolvido pela empresa no Brasil, chamado de Casa dos Bambas. Segundo a equipe, o Projeto Bambas – que foi criado em 2013 – pretende dar uma contribuição à historiografia recente da música e arte de rua, enriquecendo os movimentos do presente e do futuro.

Faça o download da canção “Me Chama” no site Casa dos Bambas

Curta a página de Passport Scotch Brasil

Para compor este trabalho, o Grupo OPNI considerou o sucesso dos seus traços e cores que retratam o cotidiano periférico, que já foram responsáveis pela elaboração  de murais e exposições “artivistas”. O Cherryouth Brasil conversou com o coletivo e eles puderam explicar um pouco mais sobre o talento responsável pelas intervenções, ruas e vielas graffitadas que inspiram comunidades e dão outro significado para um território marcado pela pobreza e exclusão social.

“Após atingir certa maturidade, entendemos que OPNI está além das definições e que hoje, significa resistência e um grito de guerra pessoal que representa a periferia.”

O projeto Casa dos Bambas está na terceira fase, intitulado de “liberdade para experimentar”, que como os demais, valoriza a mistura, diversidade e estimula os jovens a explorarem novos caminhos e a se arriscarem a reiventar o mundo: “Liberdade para experimentar é liberdade para viver, sem se apegar a rótulos, mas levando em conta que tudo o que fazemos pode gerar coisas boas. E o que é bom pra nós deve ser compartilhado, porque também poderá fazer bem para outros”, explica um dos integrantes.

“As relações estabelecidas [para a composição do graffiti baseado na canção] estão atreladas ao nosso dia a dia. Na vivência com a música, que sempre nos inspira e constantemente é retratada em nossos trabalhos. Para a obra produzida no Projeto Passport Casa dos Bambas levamos em conta a mistura de ritmos e foi o que tentamos traduzir por meio dos traços”, conta OPNI – que já foi composto por 20 jovens da periferia de São Paulo, mas que hoje é mantido pelos artistas Toddy e Val.

Passport_0181 - Grafite OPNI-_Casa Leandro Lehart
Foto: Divulgação/ Passport Scotch Whisky

“O ponto de vista construído a partir da experiência com os jovens de nossa região é que, por se tratar de uma manifestação urbana, o graffiti acompanha o jovem onde ele está: nas ruas. O graffiti está presente nas cores, nos traços e até mesmo em ideologias compartilhadas pelos jovens. É uma arte próxima dele e que acaba sendo forte aliada em suas expressões e também para a reflexão.”

Para finalizar, mesmo exaltando a importância da arte na vida dos jovens, existe um segredo para eles alcançarem o sucesso: “O conselho é estudar, mas também tentar construir uma formação fora da educação convencional. O conselho é permitir-se descobrir, para que consiga desenvolver cada vez mais essa sensibilidade. É isso que gera abertura para o diálogo, independente de classe ou qualquer outra coisa. Nosso desejo é que esses jovens usem esse olhar com respeito, para gerar frutos e um pensar coletivo, produzindo se não soluções, ao menos caminhos para que as mudanças ocorram”, terminam.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s