Ilustrador Thiago Teixeira diz que para ser bom no que faz, todo mundo precisa “correr atrás”

Por Raphael Ezonne

As imagens que aparecem nesta postagem podem ser reproduções de outros sites e Cherryouth não reivindica nenhum crédito para si, a não ser que especificado. Se você (ou sua empresa) possui os direitos de alguma imagem e não quer que ela apareça em Cherryouth, favor entre em contato e ela será prontamente removida sob critério de avaliação.

p2

Você sabe que o Cherryouth sempre está à procura de novos talentos para divulgar o trabalho desse povo todo que manda muito bem no que faz, mas que nem sempre tem seu espaço reservado, não é? E a nossa vitrine de talentos abre espaço para um cara de Pindamonhangaba, interior de São Paulo, que deixa a criatividade aflorar em seus traços.

Thiago Teixeira completa hoje (04), 27 anos de idade, e o Cherryouth o homenageia com uma entrevista bem legal sobre o seu trabalho. Ele desenha e até pinta, e o resultado é sempre impecável!

A paixão pela ilustração veio quando ele era ainda criança, quando ele ainda mais se dedicava aos desenhos do que os próprios estudos: “Hoje em dia, eu trabalho como ilustrador freelancer e como diretor de arte na MaCost Brasil. Exerço a função para a qual estudei, pois sou formado em Publicidade e Propaganda, mas desde criança ficava, nas últimas folhas de caderno, rabiscando nas aulas, que eu não tinha o dom de acompanhar. E, no dia a dia, acabo sempre tentando utilizar a ilustração nas campanhas”.

Acesse o portfólio de Thiago Teixeira, clicando aqui

Acesse a fanpage de Thiago Teixeira no Facebook, clicando aqui


Thiago
conta que a inspiração para o seu trabalho aparece no dia-a-dia, e não apenas no trabalho de alguns artistas: “Inspiração não vem só de coisa boa, tudo tem uma mensagem, tudo causa uma sensação, é ação e reação. Referências ajudam, e eu acompanho o trabalho de alguns ilustradores. Dentre tantos muito bons por aí, alguns que sempre me fazem ter vontade de desenhar são: MC Bess, Pat Parry, Robert Crumb e alguns nacionais como o casal Anna Anjos e Soma, os Mulheres Barbadas e também um amigo do qual fui estagiário em 2008, Rodrigo Abreu“.

E para os que estão começando agora a desenhar e desejam ter uma carreira bem sucedida, Thiago diz que o melhor a se fazer é correr atrás, assim como ele mesmo ainda faz até hoje: “Tentar se desprender da máquina, começar com as mãos, prezar pela arte analógica, crua, e partir dela pra tudo que temos hoje a nossa disposição, caso seja preciso”, finaliza.

Anúncios

Um comentário sobre “Ilustrador Thiago Teixeira diz que para ser bom no que faz, todo mundo precisa “correr atrás”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s