Madonna e seu MDNA: mais do mesmo?

Por Dario Tavares

MDNA chegou e com ele todo o frisson que a Madonna carrega consigo. Choveram postagens no Facebook agradecendo a mulher por um cd novo, incrível e eu fui lá escutar e vim contar pra vocês. Tem diversas maneiras de dizer isso mas vamos direto ao ponto: o disco é mais do mesmo. Uma Madonna que a gente já conhece, que desde o “Confessions” tá fazendo a noite da gente mais divertida e dançante, porém nada além disso. Conversando com bastante gente percebi que foi meio um consenso que as musicas são boas, mas as que dão vontade de escutar de novo são umas 3 ou 4 porque as outras não fazem tanta diferença.

Achei perigoso começar a escrever sobre a Madonna e já contratei um plano de seguro de vida porque “I’m gonna die like a bitch” quando as enfurecidas começarem a ler, mas quando a pauta do disco foi sugerida, achei interessante ouvir, conhecer pra depois dizer algo. Não há dúvidas que a criação da Rainha Mãe do Pop vai bombar em todos os lugares e isso já começou: festas em homenagem ao lançamento do novo cd, uma música ou outra no meio dos sets nas festas mais divertidas e algumas outras soltas nas estações de rádio; e tá feito o sucesso que carrega esse nome. Na página de compra do disco no iTunes alguns fãs postaram coisas como: “Desbancou todas as outras divas.”; “Sambou na cara desde Kylie até Britney.”; mas será que essa briga deve ir tão longe? O disco da Madonna é dançante, bacana, e algumas músicas são realmente um toque de Midas mas a briga das divas cansa e não preocupa nenhuma delas, garanto.

Não me entendam mal, simpatizo muito com o disco e gosto muito da Madonna, mas não chamo o disco de Ressureição do Pop, e no final das contas falar que o disco não me agradou tanto dói no coração da gente que gosta da véia, mas verdade seja dita: não vai ser por não gostar do disco inteiro que vamos deixar de escutar as músicas mais divertidas e “go wild, like a girl gone wild” quando tocar nas festas que a gente mais gosta. No fim das contas minha dica é: não faça grandes expectativas, ouça o disco, curta as músicas e por favor não poste nas redes sociais que o disco te fez chegar ao Nirvana.

Anúncios

3 comentários sobre “Madonna e seu MDNA: mais do mesmo?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s