Os 50 anos de Mafalda

Por Raphael Ezonne

Essa menininha já está fazendo 50 anos, e o que mudou desde que ela foi criada?

A personagem Mafalda, nos traços do artista argentino Quino, trazia a preocupação da pequena garota sobre as questões da humanidade e a paz mundial que se rebela com o estado atual do mundo. De 1964 à 1973, as tiras foram muito populares em toda a América Latina e Europa.

Ela apareceu pela primeira vez num anúncio de máquinas de lavar, na Argentina, mas Mafalda somente se tornou um cartum de verdade sob a sugestão de Julián Delgado, na época o editor-chefe de um jornal semanal, e que era amigo de Quino. Foi publicado no jornal em setembro de 1964, apresentando somente as personagens de Mafalda e seus pais, e acrescentando Filipe, em 1965. Uma disputa legal surgiu em março daquele ano, e assim a publicação acabou posteriormente.

Uma semana mais tarde, Mafalda começou a aparecer diariamente no Mundo de Buenos Aires, permitindo ao autor cobrir eventos correntes mais detalhadamente. As personagens Manolito e Susanita foram criadas nas semanas seguintes, e a mamãe de Mafalda “estava grávida” quando o jornal faliu em 1967.

A publicação recomeçou seis meses mais tarde, em 1968, como publicação semanal no Siete Días Illustrados. Como os quadrinhos tinham que ser entregues duas semanas antes da publicação, Quino era incapaz de comentar as notícias mais recentes. Ele decidiu acabar com a publicação das histórias em 1973.

Desde então, Quino ainda desenhou Mafalda poucas vezes, principalmente para promover campanhas sobre os Direitos Humanos. Por exemplo, em 1976 ele fez um pôster para a UNICEF ilustrando a Declaração Universal dos Direitos da Criança.

Lembre algumas histórias da personagem Mafalda, e que o Cherryouth selecionou para você. Acompanhe principalmente a evolução das tirinhas, tanto no seu traçado como nas falas das personagens que mostram que elas se passam em épocas diferentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s