O que você não sabia sobre os publicitários famosos

Por Raphael Ezonne

No dia de hoje, primeiro de fevereiro, comemora-se o dia do publicitário. Nas redes sociais é muito fácil de se encontrar um, aquele descoladinho e criativo que sempre solta um pensamento cômico, porém com todo o sentido, fazendo completamente jus à sua profissão, que exige a todo momento ideias inovadoras.

Pode-se entender que o publicitário pratica atividades como o planejamento, criação, produção e veiculação de peças publicitárias.

Relembre propagandas que fizeram sucesso nas últimas décadas, no Brasil

E se espelhando em grandes ídolos da publicidade nacional e internacional que encontramos algumas curiosidades sobre estes que, ao longo de décadas, usaram do poder da propaganda para amarrar o público a algum tipo de produto.

Washington Olivetto, nascido na capital da publicidade, São Paulo, é dono da W/Brasil, e conseguiu seu primeiro estágio após furar o pneu do seu carro em frente a uma agência. Ao perceber onde havia parado seu carro, o publicitário tomou coragem, entrou na agência e pediu uma chance pra mostrar seu talento.  Na W/Brasil, foi responsável pela criação de vários comerciais memoráveis, entre eles os filmes para a fabricante de sapatos Vulcabrás, o cachorro da Cofap, o casal Unibanco, entre outros. Os filmes Hitler(1989), para a Folha de São Paulo, e do Primeiro Sutiã (1988), para a Valisère, são os únicos comerciais brasileiros a constarem na lista mundial dos 100 maiores comerciais de todos os tempos.

O americano David Ogilvy, dono da Ogilvy, antes de se tornar publicitário, foi expulso do colégio, vendeu fogões e foi chefe de cozinha. Fez sucesso com campanhas para a Rolls Royce, Schweppes (vídeo abaixo), Shell, além de campanhas para desenvolver o turismo nos Estados Unidos, Inglaterra e Porto Rico. Escreveu dois que foram livros bestseller’s internacionais sobre táticas e técnicas de Publicidade e Propaganda; “Confessions of an Advertising Man“ (1963) e “Ogilvy on Advertising“ (1983).

Paulo Castro, um dos sócios da Staff Brasil, conseguiu seu primeiro estágio após um raio cair na casa do seu vizinho, que era nada mais, nada menos que Cristóvão Martins, que foi diretor de criação da Pubblicità, Esquire & Alliance, onde desenvolveu campanhas para os anunciantes Baperi, BR Distribuidora, Rio Design Center e Cyanamid, até ser convidado pela agência multinacional McCann-Erickson para trabalhar com alguns de seus principais clientes: Coca-Cola e Gillete do Brasil. Ele acabou se tornando o padrinho profissional de Paulo.

A JWT, quarta maior agência do mundo, começou em um navio de cargas Thompson, o dono da agência, fazia viagens pelo litoral dos EUA vendendo seus produtos de porto em porto e passou a colocar alguns anúncios no casco do navio. O negócio foi crescendo, crescendo, e ele acabou entrando no ramo publicitário. Desde a sua fundação, tem sido responsável pelo atendimento de marcas líderes de mercado, entre elas, estão parcerias de longa data com empresas como a Unilever, desde 1967;  Nestlè (vídeo abaixo), desde 1957 e a Warner Lambert, desde 1973.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s