Cherryweek: A gente nunca se desconecta

 

Conheça o “Cherryweek”, postagem coletiva de blogueiros sobre um tema

Terminar um relacionamento não é uma das decisões mais fáceis na vida de alguém. Não se decide terminar um namoro como quem decide o que vestir, ao sair do banho. Acabar uma relação deixa marcas – e, na maioria das vezes, elas demoram muito para começar a fazer algum sentido. Eu não entendo por que as relações chegam ao fim. Sempre tive uma “visão Pollyana” da vida. Para mim, as pessoas deveriam surgir apenas se fossem para ficar, no mínimo, por uns duzentos anos. Eu gosto de estabilidade! Eu prezo por amores intermináveis, promessas eternas e juramentos de um futuro longo. Aquela história de “viveram felizes para sempre”? Eu sempre acreditei nela. E, não, a culpa não é dos Estúdios Walt Disney. A culpa é minha.

Hoje, aos 22 anos, eu entendo que algumas coisas acontecem porque precisam acontecer e, não adianta: tudo passa! Nada é para sempre e aceitar o tempo de cada coisa faz parte do nosso processo de amadurecimento. Pessoas mentem, crianças crescem e relacionamentos acabam. Simples! Vivemos em meio a debates sobre a sociedade da informação, cibercultura, globalização, pós-modernidade. Escolhem letras para classificar nossa geração: X, Y, Z. Mas, lá no fundo, poucas coisas mudam. Os anseios são os mesmos. A verdade é que todo mundo quer amar e ser amado. Até que a morte nos separe. “Redes sociais”, “sites de relacionamento”, não importa o nome que dão àqueles portais em que todo mundo quer comentários, likes e elogios. A gente tem sede de amor. E não interessa se o amor é antigo. Acompanhar os passos do ex-rolo, ex-namorado, ex-ficante ou futuro-alguma-coisa é mania. A gente nunca se desconecta. Até que surja um novo rolo, namorado, ficante ou alguma-coisa-sem-classificação, que logo virará ex. A vida é uma sucessão de repetições. Viver é tentar.

Terminar um relacionamento não é uma das decisões mais fáceis na vida de alguém. Não se decide terminar um namoro como quem decide que foto escolher para o avatar do Facebook.

Anúncios

Um comentário sobre “Cherryweek: A gente nunca se desconecta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s