“Querido Armário”: Cherryouth traz histórias de personagens gays em nossa sociedade

Por Nil Witchimichen, de Querido Armário

“Querido Armário, hoje no trabalho acho que alguém percebeu que eu sou gay…
E enquanto eu viver dentro de você, vão haver situações tragicômicas das quais eu não me envergonho, pelo contrário eu rio, mas muitas vezes terei de rir em silêncio, enquanto a sociedade não estiver pronta.”

Amanhã, o Cherryouth trará a sessão “Querido Armário”. Criadas originalmente por Nil Witchimichen, o novo colaborador do blog, a essência das tirinhas do “Querido Armário” é mostrar o cotidiano que encontramos que um ser é na verdade. É onde seus sonhos, dúvidas e medos ficam expostos. É com eles que queremos aprender, ensinar, rir e chorar.

Às quintas-feiras, as histórias dos personagens Luke e Adam marcarão presença neste blog que vos fala.

Anúncios

Um comentário sobre ““Querido Armário”: Cherryouth traz histórias de personagens gays em nossa sociedade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s