“Os Smurfs” estreiam nos cinemas de todo o Brasil; conheça a sua história

Por Raphael Ezonne

Eles são criaturinhas fofas, azuis e encantam crianças e adultos. Muitos dos adolescentes de hoje podem não conhecer a trajetória dos pequenos Smurfs, que faziam a alegria da criançada em outras décadas.

Tudo começou em 1958, quando os personagens criados pelo ilustrador belga Peyo apareceram pela primeira vez, na história de Johan et Pirlouit, “A Flauta de 6 Estrumpfes”. No Brasil, são conhecidos principalmente graças a uma série de desenhos animados produzida pela Hanna-Barbera Productions e transmitida pela Rede Globo na década de 1980. Mas, antes disso, foram publicadas em HQs.

Os pequenos Smurfs são governados pelo sábio Papai Smurf, que tem um gorro vermelho, ao invés do popular gorro branco dos outros personagens.

As únicas personagens femininas são a loira Smurfete e a menina Sassete. Apesar disso, no filme que foi produzido pela Sony Animation e que será lançado em 5 de agosto, nos cinemas de todo o Brasil, aparecem várias smurfs do sexo feminino. Outros personagens marcantes são o Gênio, o Ranzinza, o Robusto, o Preguiça e o Desastrado.

Já no filme, o malvado mago Gargamel persegue os pequenos Smurfs fora da vila. Na fuga, eles saem de seu mundo mágico e vão parar direto no Central Park, em Nova York. Presos na cidade, os Smurfs lutarão para achar o caminho de volta para a vila, antes que Gargamel os encontre.

Dirigida por Raja Gosnell (de “Scooby-Doo”), o longa-metragem terá participação da cantora Katy Perry, que vai dublar a personagem Smurfete.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s