Prédio de 33 metros de altura é personalizado, em São Paulo

Por Raphael Ezonne

Quem passar pelos próximos meses pela região da Luz, no centro de São Paulo, poderá ver a imagem de uma mulher com referências de pop art ocupando boa parte da lateral de um prédio de 42 metros de altura. Utilizando a técnica do estêncil, o paulista Daniel Melim, 31, levou oito dias para projetar na parede o desenho que deve ilustrar o cenário local até o fim do ano.

É o primeiro trabalho do artista em um painel de dimensões tão grandes (a pintura tem 33 metros de altura por 25 de largura). Para concluir o desenho, Melim utilizou cerca de 60 moldes vazados, preenchidos com tinta. “Só para a mulher foram usados 37”, diz ele.

Além da pré-produção envolvendo a criação do desenho e dos moldes, o trabalho, que fica na avenida Prestes Maia, teve de ter autorização prévia da Prefeitura de São Paulo, por conta da Lei Cidade Limpa, e do proprietário do prédio — processos intermediados pela galeria que representa Melim, a Choque Cultural, em São Paulo, onde ele faz exposição a partir de 16 de julho. O projeto é parceria da galeria com a companhia aérea KLM.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s