Quem tem Medo do Lobo Mau?

O lado obscuro e emocionante da simples história de Chapeuzinho Vermelho estreia nos cinemas

 

Era uma vez, numa pequena cidade às margens da floresta, uma menina de olhos negros e louros cabelos cacheados, tão graciosa quanto valiosa. Um dia, com um retalho de tecido vermelho, sua mãe costurou para ela uma curta capa com capuz; ficou uma belezinha, combinando muito bem com os cabelos louros e os olhos negros da menina. Daquele dia em diante, a menina não quis mais saber de vestir outra roupa, senão aquela e, com o tempo, os moradores da vila passaram a chamá-la de Chapeuzinho Vermelho. Além da mãe, Chapeuzinho Vermelho não tinha outros parentes, a não ser uma avó bem velhinha, que nem conseguia mais sair de casa. Morava numa casinha, no interior da mata. De vez em quando ia lá visitá-la com sua mãe, e sempre levavam alguns mantimentos. Um certo dia,  a mãe da menina preparou alguns doces e pediu para chapeuzinho levar para sua avó… Quem não conhece essa história, né verdade? Todo mundo já sabe como termina. Chegou a vez do mundo da 7ª arte transformar esse famoso clássico dos contos de fadas em uma história mais sombria e emocionante.

A diretora Catherine Hardwicke (Crepúsculo) nos traz o suspense romântico de fantasia A Garota da Capa Vermelha (Red Riding Hood). Estrelado por Amanda Seyfried, o longa acompanha Valerie, uma bela garota ligada a dois homens. Está apaixonada pelo melancólico forasteiro Peter (Shiloh Fernandez), porém seus pais a prometeram em casamento ao rico Henry (Max Irons). Inconformados com a situação, Valerie e Peter planejam fugir, até que tomam conhecimento de que a irmã mais velha de Valerie foi morta pelo lobisomem que vaga pela escura floresta que rodeia o vilarejo onde moram.
Ao longo de anos, as pessoas mantiveram uma difícil trégua com a fera, oferecendo-lhe mensalmente um animal em sacrifício. Mas sob uma lua cor de sangue, o lobisomem desrespeita o acordo, tirando uma vida humana. Sedenta de vingança, a população recorre a um famoso caçador de lobisomens, o padre Solomon (Gary Oldman), com a intenção de matar o monstro. Ocorre que a chegada de Solomon provoca conseqüências inesperadas, pois ele alerta que o lobisomem assume forma humana durante o dia, podendo ser qualquer um deles.
O número de mortes cresce a cada lua, e Valerie começa a desconfiar que o lobisomem pode ser alguém que ela ama. O pânico toma conta de todos e ela descobre que tem uma ligação singular com o monstro—que os une inexoravelmente, tornando-a ao mesmo tempo suspeita e isca.

Catherine Hardwicke dirige A Garota da Capa Vermelha a partir do roteiro de David Leslie Johnson (A Órfã). O filme é produzido pela companhia produtora de Leonardo DiCaprio, Appian Way, por Jennifer Davisson Killoran (A Órfã) e Julie Yorn (Incontrolável), tendo Jim Rowe e Michael Ireland como produtores executivos. A equipe de realizadores é formada pela diretora de fotografia Mandy Walker (Austrália), o desenhista de produção duas vezes indicado ao Oscar Thomas Sanders (O Resgate do Soldado Ryan, Drácula de Bram Stoker), a editora Nancy Richardson (Crepúsculo), a figurinista Cindy Evans (Marley & Eu) e o supervisor de efeitos visuais Jeffery A. Okun (O Dia em que a Terra Parou).

A Garota da Capa Vermelha chega aos cinemas em 22 de abril .

Por: Daniel Borges

Acompanhe o conteúdo do blog Call Me Hollywood com conteúdo semelhante a este, clicando aqui!

Anúncios

Um comentário sobre “Quem tem Medo do Lobo Mau?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s