Artistas modificam paisagem urbana de São Paulo

A dupla tira o tom de cinza da cidade, e mostra o seu trabalho em bueiros e caixas telefônicas

Já vimos por diversas vezes vários artistas tentando deixar a paisagem urbana de São Paulo com menos tons de cinza que ela ainda apresenta. É o cinza do asfalto, dos prédios e de toda essa poluição, que transformou essa tonalidade de cor com um grau tão pejorativo para o ambiente, quanto para a nossa saúde.

E foi com esse intuito que, os artistas Anderson Augusto conhecido como SÃO, e Leonardo Delafuente conhecido como Delafuente, moradores do bairro da Barra Funda, resolveram demonstrar com o seus trabalhos, que São Paulo não precisa ser tão sem cor e sem vida, como ainda é.

Eles usam os bueiros, como forma de divlugar o seu trabalho. Nesta foto, podemos perceber que eles usaram as lacunas para o manuseio das tampas, para ilustrar o olho, de Carmem Miranda. Eles não economizaram cores, já que ela usava destas, para simbolizar sua alegria, com frutas na cabeça, assim como o desenho também mostra.

O objetivo é modificar o meio ao qual todos vivemos propondo um novo olhar e uma reflexão em cima de temas gerados pelo trabalho inusitado e criativo, que consiste em pintar bueiros, postes, tampas de esgoto e qualquer outro objeto que construa o cenário urbano. Com os bueiros pintados, eles propõem um novo tipo de linguagem entre arte/cidade e arte/pessoas. Colocando a arte a serviço e alcance de todos.

Ainda trabalhando nos bueiros, a dupla criou, entre vários trabalhos, um DJ bem diferente, unindo a paisagem e o cenário urbano da cidade, com a música, por mais que ela tenha sido expressada em desenho.

Mostrando que até o mais esquecido e indiferente objeto, se olhado com cuidado, pode exalar arte. Os bueiros já pintados pelo 6emeia, que é o nome que foi dado à dupla, são como gotas coloridas em um imenso balde cinza.

E que tal um relógio de pulso em uma das riscas da faixa de pedestre? Para qualquer um não esquecer da hora.

Afirmando dessa maneira que a arte não necessita necessariamente estar vinculada ou pendurada em paredes de galerias ou museus. Em uma cidade tensa, confusa e mergulhada em cores como o cinza e beje, o duo 6emeia destoa da paisagem com sua paleta de cores, levando vida e bom humor a todos.

Vamos jogar um pouco de cartas? É, a dupla ainda fez da simples caixa telefônica que encontramos nas ruas, um baralho de cartas.
E não é que eles transformaram essas peças de segurança da calçada em Grenadier Guards?

Só estando em São Paulo para poder ver o trabalho desses dois caras.

Por: Raphael Ezonne

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s