haircut: os artistas mandaram bem?

Eles têm um estilo que é copiado pelos fãs, mas todos os cortes realmente são um verdadeiro sucesso?

Sempre tudo que os artistas mais fazem ficam na cabeça de todos, isso é óbvio. Mas o que é mais interessante que as mudanças radicais que eles fazem, mesmo correndo o risco (sempre) de serem criticados pela mídia, são feitos inconsequentemente, independente de quem goste ou não. Nas telinhas, nas telonas ou nos videoclipes, eles tem que estar impecáveis, com a maquiagem muito bem aplicada e com o cabelo nos trinques. Mas eles sempre modificam o estilo, e muitos nem podemos saber como estão agora, mas devem estar lindos (ou não).

Zac Efron é uma das figuras que inovaram bastante no visual. Depois de atuar nos filmes “Hairspray” e “Seventeen Again”, sucedendo o visual colegial em “High School Musical” em sua trilogia, ele abandonou o cabelo estilo JUSTEN, e exibiu em algumas situações um cabelo mais natural do que o normal. Na última imagem, podemos ver como ele está agora, com um topete penteado levemente.
Após ser lançada com a música “SOS”, a carreira de Rihanna deslanchou de tal forma, como os seus cabelos. “Umbrella” foi a época que marcou sua primeira transformação, de uma morena com olhos verdes e cabelos enormes, com um chanel bem instigante. Após isso, o vermelho se tornou sua marca registrada, tanto com madeixas curtas quanto longas.
Outra que sempre foi adepta do vermelho e que arriscou uns tons de loiro recentemente foi Hayley Williams. A vocalista do Paramore não fez grandes transformações ao longo de sua carreira, mas sempre apostou nos tons vibrantes para se tornar uma garota cute.

 

Quando falamos de estilo inusitado logo lembramos de Lady GaGa. A jovem universitária na primeira imagem era bem ingênua (aparentemente) com um cabelo comprido digno de uma estudante. Após isso, o modelo loira-diva foi sendo arrastado ao longo do tempo, mesmo com madeixas em loiro mais forte ou algo mais pálido.

 

Sem comentários para os primeiros visuais de JUSTEN. Fazendo o visual “If I Were a Boy”, realmente não deu certo nos primeiros dias de que começou a cantar, mas mantem o visual franjinha até hoje que é copiado por muitos garotos que se dizem héteros (prefiro não comentar).

 

Por: Raphael Ezonne

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s