A Arte no Impermanente

Fotógrafos exploradores urbanos retratam em livro a beleza do abandono

“Street art is ill defined, street art is a thin line between good and evil, street art is the occasional stroke of genius.” Essa é uma frase do livro Beauty in Decay: Urbex: The Art of Urban Exploration, lançado em Agosto desse ano.

Nele, 49 artistas expõe fotografias de arte urbana. Mas não pense em arte urbana como grafites em muros ou instalações de artistas no meios das ruas.

O que esses artistas propõem são novas maneiras de observar a beleza em lugares que para o resto da sociedade já estão em abandono. Aí o título do livro, Beleza em Decadência.

Prédios abandonados, salas depredadas, a ação do tempo e da exploração urbana retratadas em belas fotografias tiradas por quem tem a sensibilidade de reconhecer a beleza em lugares pouco prováveis.

Assim, esses fotógrafos de 19 diferentes países, em meio a entulhos, perigos de desabamento e fugas policiais retratam com grandiosidade aquilo que já foi considerado belo um dia e hoje caiu no esquecimento.

A Urbex – movimento da exploração urbana – pretende mostrar exatamente esse esquecimento: a beleza e a poesia de ambientes que não são permanentes, e justamente por esse motivo apresentam uma beleza que não se prende a uma época específica, ou a qualquer convenção arquitetônica e social.

Por: J. Paulo Wayhs

Anúncios

Um comentário sobre “A Arte no Impermanente

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s